quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Rabiscos sobre o ócio e a amargura









































Rabiscos sobre o ócio e a amargura

















Junte o ócio, o trânsito e a amargura. As necessidades emocionais e sentimentais são aquelas que a gente tenta, tenta, tenta e tenta reprimir, mas que nunca nos deixam em paz. A gente finge não se importar com o amor, amizade, valores sentimentais, mas quando deitamos a cabeça no travesseiro, essas são as primeiras coisas que correm pelas nossas mentes. E nós não dormimos, porque temos medo. Temos medo de ficarmos sozinho à mercê das dificuldades da vida, esquecendo que cada um carrega o seu próprio fardo e ele não é maior do que podemos carregar. Logo, somos seres solitários por natureza. É uma contradição gigantesca que eu nem me preocupo mais em entender. Só vivo.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Trickster



















Sou um trapaceiro.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Sketchbook























Eu.
















Criação de personagem através de um objeto inanimado.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

DEATH


















Minha terapia.